Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jaguar Perfumado

aqui... asas para voar, raízes para regressar e motivos para ficar! - Dalai Lama -

Jaguar Perfumado

aqui... asas para voar, raízes para regressar e motivos para ficar! - Dalai Lama -

Seg | 24.02.20

Correr atrás do sol

Frankie

36e4b927fd281925d53f613a7c152920.jpg

Fico sem ar, as borboletas contorcem-se no estômago, tudo se rebela cá dentro.

Que sensação esta que dá vontade de rir ou de chorar ou simplesmente de correr sem para trás olhar. Correr sempre até que o cansaço impeça de continuar.

É esta sensação de impotência, a incerteza que consiste na certeza de ter de seguir um caminho que não sabemos se é o certo se é o errado. Se nos vai fazer felizes ou se nos vai afundar.  Por ser tão diferente, tão fora do que temos hoje gera um conflito imenso sem respostas certas ou erradas. É impossível saber qual a decisão certa, é impossível conhecer o desfecho… como fazer?
Tanto tempo a pensar nisto, tantos anos a imaginar como seria enriquecedor poder viver num país diferente, uma cultura diferente, uma língua nova, todo um novo estilo de vida e agora, finalmente… é uma pressão nas costas a forçar, a insistir para seguir, avançar, arriscar a viver o sonho.

Sou confrontada com os meus sonhos, espremida pelas minhas convicções, atirada para a frente, empurrada a seguir. Estou consciente de que a força e o carácter nunca serão estimulados pela via do conforto, que só com uma atitude positiva e perseverante se pode singrar.

Deixar tudo para trás, começar uma vida quase do início, longe… perceber como fazer sem interferir com a estabilidade neste cenário totalmente instável! Correr atrás de aventura, novas experiências, seguir o instinto, mergulhar numa nova realidade. Que medo!

Consigo sentir o frio percorrer, sentir um arrepio que atravessa, que corta e dilacera. Correr atrás do sol. Seguir esta voz que só abre caminho, uma voz de desafio que abre o horizonte sem descortinar o destino.
Acho que nunca senti tanto medo, nunca, nem uma só vez. A cabeça está a mil, o coração esse, nem sei, é uma guerra total do corpo com a alma, uma decisão que está só na minha mão. OMG!!

Eu sempre lhe disse que iria para onde me levasse, mas não achei que chegasse a hora, não pensei que pudesse ser tão complicado de gerir, emocionalmente. Eu sempre quis ir, sempre soube que quando chegasse o momento eu iria, sem hesitar… pois bem, este é o momento de lhe provar, de provar a mim mesma do que sou capaz e aceitar que só há uma via. Eu vou.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.