Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Jaguar Perfumado

aqui... asas para voar, raízes para regressar e motivos para ficar! - Dalai Lama -

Jaguar Perfumado

aqui... asas para voar, raízes para regressar e motivos para ficar! - Dalai Lama -

Seg | 27.07.20

Ninguém é insubstituível... excepto a Cristina Ferreira

Frankie

sunflower_insubstituivel.jpg
img. via @paradoxical.hopes

Não obstante, como em tudo, não há regra sem exceção.
Especialmente no mundo profissional, no ambiente competitivo atual, é amplamente defendido e inclusivamente propagado que não há pessoas ou profissionais insubstituíveis. Todos temos o nosso valor, todos somos únicos à nossa maneira, mas a realidade é dura e crua: cada pessoa que sai, por sua vontade manifestada ou por vontade alheia, haverá outra para a substituir e, convenhamos, nos dias que correm esta substituição ocorre, efetivamente, com alguma agilidade.

Não conheço todos os meios profissionais, nem tão pouco estou lá perto, mas tanto quanto me apercebo pelas relações pessoais ou profissionais que mantenho, pelos contactos que promovo, a verdade tende a ser esta, sem grande exceção.

Com base nesta premissa, levamos o nosso profissionalismo muito a sério, investimos na nossa carreira, vamos tentando evoluir, crescer, aprender e mantermo-nos sempre atualizados para podermos “garantir” a nossa estabilidade profissional. Garantir que nos mantemos minimamente imprescindíveis, pelas nossas qualidades, competências, enfim aquilo que temos e podemos oferecer a quem nos dá emprego. O  objetivo final é garantir o nosso emprego e tanto quanto possível, tornarmo-nos insubstituíveis… lírico, não?

Afinal ninguém é insubstituível… ninguém, excepto a Cristina Ferreira!

Percebemos nos últimos dias, que esta senhora conseguiu efetivamente impor-se profissionalmente ou, pelo menos, o suficiente para garantir que o seu lugar e o seu contributo sejam tão importantes que desemboquem neste alarido à volta do seu movimento entre estações de TV e acentuem ainda mais a rivalidade existente entre elas.

Fantástico realmente. Go go Cristina! É em tempos conturbados que se vê de que fibra se é composto e fico francamente, maravilhada com a fibra que esta mulher demonstra ter. Sem medos, sem rodeios, sem qualquer pudor profissional assume o que quer e do que é capaz. Revela uma obstinação e uma coragem, como poucos, vai atrás do que mais lhe convém e não olha para trás. Assume-se, revela-se… é ela própria sem temores.

Concordemos, ou não, ela vai em frente até conseguir fazer o seu caminho, não há obstáculos. Ou, se há, contornam-se, resolvem-se a seu tempo, e foi o que aconteceu quando antes avançou da TVI para a SIC.  O resultado é o que hoje conhecemos. Gostemos, ou não, da abordagem, a meu ver é, no mínimo admirável, um exemplo incontornável de força, de coragem, de segurança, de visão e sobretudo resiliência. Especialmente, tendo em conta as suas origens e o seu percurso pessoal. É reconfortante perceber que há quem chegue lá, que há mulheres com essa capacidade e determinação que seguem os seus objetivos independentemente de tudo e todos, das circunstâncias envolventes, da resistência de quem quer que seja ou mesmo, da força ou tração que outros podem criar para impedir esse movimento. É bom saber que é possível, que há quem chegue lá. 

A Cristina veio para ficar, veio para dominar e finalmente, impor o seu lugar ao sol.